Mostrando todos os 8 resultados

Show sidebar

Elaboração de Relatórios Técnicos Ambientais

Licença Prévia: Diagnóstico ambiental, com informações básicas sobre vegetação, clima, geologia e infraestrutura. • Licença de Instalação: Projeto que trata sobre a economicidade da jazida, caracteriza a metodologia de lavra e beneficiamento do minério. • Licença de Operação: Plano de Controle Ambiental que escreve a fase operacional, estabelecendo medidas mitigadores de controle ambiental e recuperação de área degradada.

Guia de Utilização (GU)

É possível iniciar um projeto de lavra na fase de Pesquisa. Sendo uma lavra experimental, concomitante o desenvolvimento da pesquisa mineral. Geralmente essa lavra é permitida como incentivo fiscal para continuação das pesquisas. ü Concentração e Beneficiamento: Assessoramos para otimização de frentes de lavra, dando apoio técnico ao dimensionamento e fluxograma, mas apropriado para os diferentes tipos de depósitos.

Negociação Mineral

Temos um portifólio com dezenas de clientes em busca de parceria e desenvolvimento mineral. Objetivamos a pesquisa e a lavra, de áreas com diamante, nióbio, ametista, quartzo rutilado, manganês e calcário, assim como também prospectamos estratégicas em centros urbanos, com areia, cascalho e aterro, bens com usos direto para construção civil; mas temos como carro chefe a prospecção e exploração de ouro, seja primário e/ou secundário. Abaixo seguem alguns prospectos, em que estamos envolvidos. · Projeto Natalzão: Localizado em Colniza-MT, abrange xxx hectares regularizados sob o regime de Concessão de Lavra. A mineralização do tipo orogênica, ocorre em veios e vênulas de quartzo tectono-controlados, lavrados até profundidades de 40 metros céu aberto. · Projeto Cabeça: Localizado em Alta Floresta, abrange 3 mil hectares regularizados como Autorização de Pesquisa. A mineralização do tipo .orogênica, se estende em diversas ocorrências de veios de quartzo tectono-controlados, parcialmente recobertos por concreções ferruginosas. Em 2013 foram feitas 1500 amostragens de solo, que definiram uma forte anomalia de arsênio e ouro, que pode ser perseguida por 7km, com direção principal NW. · Projeto Figueira Branca: Localizado em Terra Nova do Norte, abrange 5 mil hectares, comportando 32 Permissões de Lavra Garimpeiras, regularizadas como Licenças de Operação, ativa até 2020. A mineralização do tipo Ouro relacionado a granitos, configura um deposito tectono-controlado com dezenas de ocorrências de veios e vênulas auríferos, denominados filões. Esses filões são lavrados a céu aberto até profundidades de 30 metros, e em alguns casos a lavra é continuada em profundidade por meio de galerias subterrâneas até 60 metros. Totalizando ao menos 10 frentes de lavra primarias, na propriedade rural da Faz. Figueira Branca.

Outorga de Poços Artesianos

A Outorga de Poços Artesianos é um instrumento que assegura legalmente ao empreendedor o direito de uso das águas subterrâneas

Pesquisa Mineral

Em Alvarás de Pesquisa, nós desenvolvemos a pesquisa e a cubagem, visando a entrega do Relatório Final de Pesquisa, focalizando áreas de calcário, manganês, ferro, ouro e diamante. Este serviço inclui sucessivas investidas de campo, com fases de prospecção, mapeamento, amostragens e sondagem. Que visam identificar e cubar uma reserva mineral, visando a implantação de uma mineradora.

Prospecção, Pesquisa e Exploração Mineral

Prestamos serviços de assessoria no campo, planificando campanhas técnicas de prospecção e de pesquisa Mineral. Incluindo acompanhamento e consultoria para otimização de operações de lavra e beneficiamento. • Mapeamento Geológico: Implica no reconhecimento “in loco”, das áreas de interesse. Fazendo uso do conhecimento geológico, para visualizar e avaliar áreas prospectivas e potencialmente econômicas. • Prospecção Geoquímica: Devem ser definidos malhas de amostragens aleatórias ou sistemáticas, permitindo a definição das áreas mineralizadas, a dimensão dos corpos de depósito, os tipos de minério presente, seus teores e abundância. • Sedimento Corrente: aplicável em fases preliminares para cobrir grandes extensões, ou em escala de frente de lavra. O método de contagem de pinta com bateia é sempre eficiente na hora de detectar as ocorrências de Ouro, Cassiterita, Tantalita-Columbita, Diamante entre outros metais. • Prospecto Mineral: Utilizamos das informações de campo, para elaborar Relatórios Técnicos ou Prospectos Minerais, bastante ilustrados, com as principais características do jazimento, potencial econômico, infraestrutura e aspectos ambientais. Estes documentos geralmente apresentam a reserva para investidores e podem ser utilizadas para negociações de direitos minerários.

Relatório Parcial de Pesquisa

Em uma fase intermediaria do Alvará, elaboramos Relatórios Parciais de Pesquisa. Realizando etapas de campo, com pesquisas preliminares de mapeamento e prospecção geoquímica que permitem justificar a renovação do Alvará de Pesquisa. Oportunidade, para promover a redução das áreas estéreis em função as altas taxas de manutenção do alvará por hectares.

Requerimentos Minerais

Visando a regularização de áreas e projetos minerais, sendo eles de lavra garimpeira e/ou de pesquisa mineral. Incluindo acompanhamento, assessoria e manutenção dos direitos minerários. • Requerimento de Permissão de Lavra Garimpeira: Regularização de lavras imediáticas com até 50 ha, apropriado para ouro, diamante, ametista etc. • Requerimento de Autorização de Pesquisa Mineral: Regularização de áreas em que se admite a necessidade de fazer pesquisa mineral. Constituem poligonais com até 10.000 hectares, sendo aplicado para ouro, diamante, calcário, ferro, manganês, cassiterita, nióbio etc. • Requerimento de Cessão Parcial e ou Total: Requerimento para fins de transferência de direito minerário. Participamos também da negociação e acompanhamos a tramitação do processo. • Requerimento de Registro de Licença: Regularização de áreas com até 50 hectares, visando a extração de bens minerais de uso imeadiático na construção civil, areia, argila, cascalho e aterro.